segunda-feira, 31 de agosto de 2009

A INTER-RELAÇÃO ENTRE GÊNEROS E TIPOS TEXTUAIS

GESTAR II – ITUPORANGA
Professora: Jociara Sardo
Data: 25/05/2009
Cursistas: Kellin Karina K. Knaul
Maria Aparecida Kreisch
Ricardo Mees
Rosemary Aparecida Barg

TEMA: O MUNDO DAS PLACAS


Partindo do pressuposto de que é impossível nos comunicarmos sem realizar um tipo de gênero, temos também que reconhecer que há sequências de enunciados que se estruturam linguisticamente de acordo com uma certa forma de organizar as informações no pensamento. A essa construção dá-se o nome “tipo textual”, que integra o plano dos gêneros, e serve, muitas vezes, para caracterizá-lo.
Assim, um gênero compõe-se de várias sequências tipológicas diferentes, heterogêneas, mas sempre interligadas, prestando-se à finalidades diferentes.
O texto publicitário ou de propaganda, por exemplo, tem o objetivo de chamar a atenção ou de convencer o leitor ou ouvinte das qualidades do produto. A maioria deles misturam gêneros, e a linguagem destes, constrói diferentes sentidos a partir do que se propõe.
Mas, muito além dos textos publicitários fazerem parte de um gênero textual, eles são uma fonte riquíssima de intertextualidade, pois as mensagens neles apresentada é muito variada, o que permite trabalhar de maneira contextualizada com HUMOR, ESTÉTICA E CONHECIMENTO LINGUÍSTICO.

Imaginando as diferentes placas que poderiam ser utilizadas para este fim, propusemos aos alunos fazer uma pesquisa utilizando diferentes tipos de placas encontradas ao nosso redor.

OBJETIVO:

· Identificar os diferentes gêneros textuais ; intertextualidade entre publicidade e poesia.
· Desenvolver a criatividade para a produção de textos publicitários e poéticos.
· Diferenciar linguagem formal e informal.

ATIVIDADES DESENVOLVIDAS:

· Pesquisar em jornais, revistas, internet, na comunidade e no centro da cidade todos os tipos de placas de propaganda e publicitárias.
· Recortar, desenhar ou fotografá-las.
· Fazer análise linguística – concordância e coerência.
· Transformar a placa em uma estrofe poética (verso).
· Elaborar outras placas, usando o mesmo “slogan” .

AVALIAÇÃO:

Acontece em todos os momentos, porém, neste caso, notamos muito empenho e participação dos educandos pois a vasta variedade de placas encontradas levou-os a criticidade linguística , a observação dos “erros” de concordância/coerência e à criação de outras placas, desta vez, poéticas, como se vê nos anexos que seguem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário